Artigos Blog PT Destaques

Os hoteleiros estão a tornar-se mais eficazes a impulsionar as reservas directas4 min read

Agosto 28, 2019 3 min read
channel management trends

author:

Os hoteleiros estão a tornar-se mais eficazes a impulsionar as reservas directas4 min read

Reading Time: 3 minutes

Conversámos recentemente com James Bishop da SiteMinder, parceiro de channel management da GuestCentric, sobre as últimas tendências e desafios que a indústria hoteleira enfrenta.

As reservas directas foram, sem surpresa, um tópico incontornável. 

“Os hoteleiros estão a tornar-se mais eficazes a impulsionar as reservas directas… Esta tendência é impulsionada por hoteleiros e por grandes marcas.”

Aumentar as reservas directas pode parecer um desafio complicado mas a verdade é que pequenos ajustes e mudanças ponderadas podem fazer uma diferença significativa.

Partilhamos 8 dicas que pode implementar de imediato para maximizar a conversão do seu motor de reservas!

1. Facilite a vida aos visitantes do seu website

Certifique-se que a designação dos quartos é o mesmo no seu website e em todas as OTAs. De acordo com a Fuel e Filp.to, os utilizadores visitam 4.4 websites únicos antes de completarem uma reserva. Porquê? Um dos principais motivos é para que, ao comparar preços, os hóspedes consigam facilmente identificar as diferentes opções para o mesmo quarto.

2. Simplifique

Não obrigue os visitantes do seu website a navegar por um scroll infinito de quartos e promoções! Mais uma vez, os hotéis devem facilitar o processo de reserva online. Uma lista infindável de opções pode causar confusão e frustração nos visitantes do seu website, dificultando o processo de tomada de decisão.

3. Tenha ofertas exclusivas no seu website

Ainda que se preocupem em manter a paridade de preços em todas as OTAs e no próprio website, para fins contratuais, os hotéis podem ter melhores ofertas no seu website ao incluir extras na tarifa. Por exemplo: pequeno-almoço no quarto, late check-out, camas extra, etc.

4. Crie uma tarifa exclusiva para membros

Falando ainda de paridade, pode ter no seu website uma tarifa especial para membros que é inferior à das OTAs, acessível apenas através de um código promocional. Desta forma, o website do seu hotel é o canal com a tarifa mais baixa, sem quebrar qualquer cláusula contractual com as OTAs.

5. Adicione uma mensagem de loading no motor de reservas

Os motores de reservas demoram alguns segundos a abrir. Assim, pode usar este tempo como uma oportunidade para partilhar uma mensagem importante com os visitantes do mesmo, como os benefícios de reservar directamente ou até mesmo revelar um código promocional exclusivo para membros.

6. Inclua uma mensagem de urgência (shopping activation)

Assim como as OTAs, os hotéis podem beneficiar do sentido de urgência. Este tem uma grande influência no comportamento de compra uma vez que pode incentivar os visitantes a reservar mais rápido e com menos comparação de preços.
Saiba mais sobre as nossas ferramentas de shopping activation

7. Apresente o preço no calendário do motor de reservas 

Tomando como exemplo a aviação, apresentar diferentes preços para diferentes dias num só ecrã permite aos utilizadores navegar rapidamente por todas as tarifas e ofertas especiais e facilmente identificar a melhor opção.

8. Use abandonment messaging (shopping recovery)

Alguns visitantes do seu website podem nunca sequer ter tido intenção de fazer uma reserva. Porém, uma percentagem significante dos mesmos pode ser persuadida!
Para recuperar clientes perdidos, configure as ferramentas de shopping recovery. Desta forma, sempre que um visitante tentar fechar a página do motor de reservas, receberá uma mensagem com a sugestão de uma melhor tarifa.

Quando se trata de uma gestão de receitas de sucesso, acertar na estratégia de reservas directas é fundamental para um equilíbrio de distribuição saudável.

Um equilíbrio de distribuição saudável, segundo James Bishop, “varia consoante a localização, seja ela rural ou urbana. Mas, tipicamente, passa por conseguir um bom equilíbrio entre lazer, negócios e MICE” e “os hoteleiros devem trabalhar com parceiros que estão em posição de influenciar os hóspedes nas suas reservas e trazer mais reservas para os hotéis”.

Quanto aos desafios futuros, James prevê que “o fundamental é entender os dados de reservas dos clientes, de onde vêm, e saber que canais irão usar este ano e nos próximos.” E nós não podíamos estar mais de acordo!

Veja a entrevista completa aqui:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.