Artigos Blog PT Destaques

Porquê apostar no “dark horse”: expanda o seu alcance com o GDS3 min read

Julho 16, 2019 2 min read
gds

author:

Porquê apostar no “dark horse”: expanda o seu alcance com o GDS3 min read

Reading Time: 2 minutes

Há muito que se considera que os sistemas GDS caíram em desuso, com benefícios e capacidades limitadas, porém os factos sugerem o contrário. 

Graças a um esforço considerável de desenvolvimento nos últimos 10 anos por parte de grandes empresas do sector, isso simplesmente já não é verdade. Na verdade, o GDS para hotéis é agora mais relevante do que nunca e os resultados falam por si.

Com um cenário de distribuição a expandir-se a um ritmo incrível, impulsionado pelos avanços em tecnologia pensados para exceder as expectativas cada vez maiores dos profissionais que viajam em negócios, o GDS não fica para trás.

Longe vão os dias das linhas de comandos do “ecrã verde”

Com a introdução das interfaces gráficas do utilizador ou graphical user interfaces (GUIs), os agentes de viagens têm agora acesso a uma maior variedade e quantidade de conteúdo, de uma forma bastante facilitada.

Além disso, temos assistido a esforços concentrados no sentido de aumentar as integrações com terceiros e é claro que estamos a caminhar no bom sentido. 

De facto, ter a possibilidade de aceder a conteúdo de elevada qualidade, tal como imagens de alta resolução, mapas de localização, e informação relevante adicional, de uma forma muito mais fácil, significa que os agentes e consultores estão muito melhor preparados para atender às necessidades dos clientes de empresas.

Consequentemente, grande parte do feedback de agentes de viagens tem sido não só positivo mas também indicador de um aumento na produtividade, uma vez que conseguem completar mais reservas de hotéis através das GUIs num dado tempo do que nos interfaces tradicionais de “ecrã verde”.

Os números mostram-nos que foram feitas 66 milhões de reservas de hotéis através do GDS em 2016. Este número aumentou para 70 milhões em 2017 e para 75 milhões em 2018. 
Com uma curva de crescimento assim, é difícil negar a produtividade do sistema GDS.

Tomando tudo isto em consideração, não é de admirar que os hotéis e fornecedores de conectividade se estejam a focar na optimização do conteúdo do GDS de forma a mostrar as suas propriedades e chegar aos 600,000 profissionais de viagens que se conectam com o GDS todos os dias, cujo único propósito é a reserva de alojamento.

Tem prestado atenção ao conteúdo do seu hotel que apresenta no GDS?

Certifique-se de que cumpre todos estes requisitos:

 – Fotografias de alta qualidade e resolução que mostram a sua propriedade no seu melhor!
– Um conjunto de imagens abrangente, desde quartos a instalações e comodidades, áreas públicas e zonas exteriores; 
 – Descrições da propriedade actualizadas e que incluem todos os serviços que o seu hotel oferece; 
– Informações de localização precisas: certifique-se que o seu código geográfico está optimizado e que inclui todos os pontos de interesse relevantes para garantir uma maior visibilidade; 
– Conteúdo, conteúdo, conteúdo: nunca pode ter demasiado conteúdo!

Michael Territt
Director of GDS Consultancy, GuestCentric

Pronto para expandir o seu alcance? Saiba mais sobre os nossos serviços de GDS

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.